Trending

APÓS TRE APONTAR INCONSISTÊNCIAS, SENADOR ELEITO SÉRGIO MORO PODE SER INVESTIGADO


Tribunal questionou prestação de contas do senador eleito pelo Paraná, incluindo valor de R$ 521 mil pago a cerca de 60 prestadores de serviço

Mais uma vez, o Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR) apontou falhas na prestação de contas do senador eleito Sergio Moro (União-PR, foto). A área técnica do tribunal recomendou nesta terça (22) a reprovação das contas do ex-juiz da Lava Jato, que pode ser alvo de investigação.

De acordo com parecer da área técnica do tribunal, há inconsistências na declaração de gastos com materiais impressos e adesivos no valor de R$ 61.770, além de R$ 162 mil recebidos em agosto através de doação feita pela direção estadual do União Brasil e por uma pessoa física que não foram citados no relatório parcial de contas.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
header ads