Trending

“EU NÃO PERMITO POLITICAGEM DENTRO DA IGREJA”, DISSE PADRE MURILO


Em mais um áudio polêmico que está sendo compartilhado nos grupos de WhatsApp, o padre Murilo, pároco de Parnamirim, se dirige a ministro e ministras da paróquia e faz um relato em tom de denúncia, informando que vai suspender um membro do Terço dos Homens que, segundo ele, falou em armamento na Igreja.

“Eu vou dar o nome dele à equipe para que ele não seja mais celebrante até o dia 30”, data na qual ocorre o 2º turno das eleições presidenciais. “Eu não permito politicagem dentro da Igreja”, disse o padre.

“Agora mesmo recebi uma denúncia lá do Terço dos Homens de Santos Reis, nos seguintes termos: Que quarta-feira passada, o senhor José Henrique pediu voto abertamente para Bolsonaro, no altar. E hoje quem pregou a palavra, eu vou me privar em não dizer o nome [da pessoa], falou de armamento. Pegou o evangelho de hoje e aludiu armamento”, disse padre Murilo.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
header ads