Trending

O GATO PRETO: DIZEM QUE A NECESSIDADE ENSINOU O SAPO A PULAR


O nosso repórter secreto O “Gato Preto” foi visto na tarde desta terça feira (20), passeando pelas ruas da cidade, quando foi abordado por um passante que perguntou o mesmo sobre o que aconteceu no último encontro de duas autarquias municipal?

O Gato Preto disparou: dizem que a discussão quase pega fogo, e com serenidade vou narrar pra vocês o que eu ouvi:

Um disse para o outro!
“Quem não respeita a opinião dos outros, não pode ter as suas consideradas. Fulcrado nesta recíproca verdadeira, uso do princípio da honestidade, da coerência e da coragem que até hoje não me faltou para esclarecer meus posicionamentos em relação há quem devo servir ou deixar de fazer. Não acompanho o pensamento dos outros”. Disse.

O outro respondeu!
“Isto me deixa de orelha em pé! Eu converso, questiono, discuto, acato e desobedeço a qualquer que seja o procedimento de impor a minha pessoa, aquilo que não desejo fazer. Sei o passo que dou e o peso que posso colocar nos meus ombros”. Vamos seguir sem comentários!

O "sem comentários" do nosso repórter, certamente diz nas entrelinhas que não vai chover no molhado. Não vai desperdiçar palavras com coisas vãs, como por exemplo discorrer sobre um fato que dispensa argumentos, tanto pelo próprio fato em sí.

Ora, se os fatos dispensam argumentos, os relatos dispensam réplica e o comportamento da população que não sabe e nem viu, dispensa tréplica.

Ao terminar o que queria dizer o nosso repórter saiu faceiro, faceiro.


Viixxee...

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
header ads
header ads